Blog

Como harmonizar pinturas?

Como harmonizar pinturas?



Harmonizar as pinturas de paredes em sua casa ou negócio, sempre será um trabalho com pessoalidade, individualizado em conformidade com a sua personalidade, bem como com propósitos buscados pelo usufrutuário do ambiente em questão. Sabemos que a pintura de paredes ou objetos tem o poder de rejuvenescer  e valorizar o imóvel ou móvel, traduzindo um pouco de si mesmo ou as pretensões pessoais e corporativas para o seu lar e negócio. 

Uma dica importante é trabalhar com tons de cores próximos, bem como utilizar em uma parede, cor mais vibrante e forte, dedicando-se nas outras paredes do ambiente, tons parecidos e mais claros. Evite carregar as paredes com excesso de cores vibrantes, a razão que isso prejudicará a iluminação, bem como a exposição dos móveis e ambiente.

Cada ambiente de um imóvel tem a necessidade de utilização de tintas distintas. Uma escola infantil utilizará cores fortes para evitar sujeiras com as mãos e brincadeiras da crianças. Em consultórios odontológicos haverá a necessidade de pintura clara para cumprir exigências da vigilância sanitária. Podemos assim dizer que as pinturas podem ter finalidades distintas, por exigência legal ou necessidade de preservação. Ao adentramos dentro de um apartamento, geralmente com espaços reduzidos, as cores claras propagam o dimensionamento e iluminação, sendo mais indicados pelos arquitetos, quebrando um pouco a uniformidade da pintura, com texturas e tons diferentes entre as paredes. Geralmente as paredes mais livres de mobiliá são as escolhidas para o aplique de uma cor mais vibrante, ao passo que a visualização e dimensão favorecem essa diferença de contraste.

Procure sempre buscar inovação em seu ambiente com cores diferentes e em evidência no mercado. Hoje a indústria de tintas traz uma variedade gigante em opções de cores e com qualidades distintas, possibilitando pinturas internas e externas com completa eficiência. 

Agradecemos a sua atenção e carinho, grande abraço Milenium Móveis!

  


comentários (0)


deixe um comentário